“O ontem morreu, coitado! Mas o amanhã promete! Como sempre prometeu e nunca cumpriu.”

Donato Ramos

Anúncios