“O mundo é para quem nasce para o conquistar
E não para quem sonha que pode conquistá-lo, ainda que tenha razão.”

[“A Tabaqueira”, Álvaro Campos]