Os 10 Melhores Filmes de 2010


Como de costume, as listas de melhores são inevitáveis ao final de cada ano.
A regra para esta lista é que considero os filmes que foram lançados nos cinemas no ano 2010, havendo portanto filmes de anos anteriores, que só chegaram às telas grandes por aqui no ano passado.
Listas de melhores são muito voláteis, o que penso hoje não necessariamente é minha opinião amanhã, mas aqui vai meu exercício dos que considero os MEUS 10 melhores filmes de 2010. Aproveitem para acrescentar os seus nos comentários.

1.  A Origem (um filme original, empolgante, divertido, bem ao estilo Christopher Nolan. causou tanta expectativa que muitos se decepcionaram, mas não adianta buscar o sentido da vida em todo filme, este aqui é apenas diversão, e de primeiríssima qualidade. o melhor roteiro e o melhor filme de 2010)

2.  Vincere (para os que buscavam o sentido da vida, este é o filme. a história pouco conhecida da amante de Mussolini, que é apagada da história, com o filho deles, quando o Duce chega ao poder. genial, com muitos paralelos com nossos políticos e moluscos atuais)

3.  A Ilha do Medo (quando Scorsese não faz o melhor filme, ainda assim faz mais obra de arte. ótima atuação de DiCaprio, roteiro brilhante, trilha, foto, direção de arte, tudo perfeito. são raros os filmes como este, onde a mente humana é tão bem explorada)

4.  A Rede Social (este filme é o melhor retrato desta geração. quase uma aula de história para o futuro. David Fincher consegue tornar empolgantes os fatos da vida corporativa e mostrar como os nerds viraram os heróis de nosso tempo)

5.  Guerra ao Terror (o filme é de 2008, ganhou o Oscar de 2009 e só chegou aos nossos cinemas em 2010. o melhor filme até aqui sobre a guerra do Iraque, mas é mais um estudo sobre as motivações e traumas de soldados expostos ao limite. belo filme)

6.  Direito de Amar (um estilista fazendo cinema? Tom Ford sempre foi muito mais que um mero “costureiro” e mostra muito do que sabe neste filme, colocando claramente sua visão artística do mundo e suas próprias experiências na tela. um raro filme de autor. lindíssimo)

7.  Mother, a Busca Pela Verdade (o cinema sul-coreano mostra novamente sua força, na comovente história de uma mãe, tentando proteger seu filho deficiente da acusação de assassinato. o ótimo Joon-ho Bong fez seu melhor filme. vale uma olhada)

8.  A Fita Branca (o talentoso Michael Haneke traça paralelos sobre as origens do nazismo a partir de uma pequena comunidade do interior da Alemanha. visualmente brilhante e com um roteiro que prende do começo ao fim. excelente)

9.  Mary e Max (animação australiana stop-motion sobre duas pessoas completamente diferentes, que tornam-se amigos por correspondência. uma garotinha de 8 anos de Melbourne e um judeu quarentão e obeso de Nova York. original e comovente)

10.  Os Homens que Não Amavam as Mulheres (quem diria que ainda é possível fazer um filme de serial-killer original? o olhar e a paisagem suecos fazem toda diferença neste roteiro bem tramado, que nos dá o prazer de descobrir juntos as peças do quebra-cabeças. David Fincher já está preparando a versão americana para eles que não sabem ler legendas)

Menções Honrosas: ‘O Segredo de Seus Olhos’, ‘Abutres’, ‘Tetro’, ‘Ervas Daninhas’, ‘Toy Story 3’, ‘Coco Chanel e Igor Stravinsky’, ‘O Profeta’, ‘O Escritor Fantasma’, ‘Dois Irmãos’ e ‘Educação’.

Anúncios