Em casos assim é comum a comunidade clamar por uma justiça à base da lei do Talião, (Justiça Árabe) “dente por dente, olho por olho”. E o mundo acaba cego e banguela.

Anúncios