Ele não sabe e não consegue entender por que ela é exatamente o que ele quer, e ele é exatamente o que ela quer, mas suas exatidões não funcionam numa conta de mais.

E apesar de ter usado seus erros para os seus melhores acertos, os melhores pincéis para o melhor de Monet (das luzes de seus olhos), o melhor xeque-mate com um cavalo branco da terceira casa (para roubá-lo do tabuleiro e ser seu príncipe), ter pulado aquele muro farpado de 3 metros (para levar aquelas rosas azuis), sabe que não há garantia alguma de sucesso, adiante, apenas garantia de ter feito sempre o seu melhor possível, amou e ainda amará muito.

De tudo isso, basta um passo e uma só força: seus olhos e seu sorriso formando essa arte que me possui.

Basta nesse simples rasgar de ventos, provocar um sussurro em seu ouvidinho e dizer:

“Amor, hoje é o primeiro dia do resto de nossas vidas!”

Anúncios